Biografia

Caio Júnior


SOBRE CAIO JÚNIOR:

Caio Júnior começou sua história no futebol enquanto menino em Cascavel, disputando o nível profissional de futsal da região aos impressionantes 14 anos de idade. Aos 15 anos, deixou sua cidade natal rumo à Porto Alegre em busca do sonho de se tornar jogador de futebol profissional no Grêmio Football Porto Alegrense. 

Após se destacar na base do clube gaúcho, Caio chegou à equipe profissional do Grêmio em 1985 e logo demonstrou seu talento. Foi bicampeão Gaúcho e artilheiro do campeonato estadual por duas vezes. Clique aqui e veja o gol de Caio na final de 1985 a partir dos 0:21 segundos.

O desempenho chamou a atenção de equipes europeias, e Caio seguiu rumo ao Vitoria de Guimarães de Portugal aonde teve uma passagem marcante durante 5 temporadas. Depois de um total de 8 temporadas em Portugal, Caio retornou ao Brasil e encerrou sua carreira em 1998 após brilhante passagem pelo Paraná Clube, quando ajudou a equipe Paranaense a conquistar o histórico Pentacampeonato Paranaense em 1997 marcando 2 gols na final. Clique aqui para assistir os gols, 1:49 e 2:20 no vídeo.

Após o término da carreira de jogador profissional, Caio foi comentarista esportivo de rádio e televisão, supervisor técnico, e depois seguiu em busca da carreira de treinador de futebol. Em 2005, ele comandou a equipe do Cianorte FC em uma vitória histórica contra os “galáticos” do Corinthians que contava com Tevez, Mascherano, entre outros, pelo placar de 3x0 pela Copa do Brasil. Clique e veja os gols da partida.

Em 2006, em seu primeiro trabalho na elite do Futebol Brasileiro, Caio liderou o Paraná Clube para uma inédita classificação à Taça Libertados Da América. Em 2007 foi treinador do Palmeiras, e assim seguiu sua carreira dirigindo clubes como Flamengo, Grêmio, Botafogo, Vitória, entre outros do Futebol Brasileiro.

Além de seu histórico no futebol Nacional, Caio foi treinador do Vissel Kobe do Japão e obteve destaque no Oriente Médio. Ele é o brasileiro com mais títulos da região, conquistou 6 títulos nos Emirados Árabes e Catar, sendo também eleito o melhor treinador deste país após a conquista dos principais títulos Nacionais.

Sua carreira teve um trágico fim enquanto comandava a equipe da Chapecoense em 2016. A equipe era a sensação do futebol Sul-Americano, conquistando a vaga para a disputa da final da Copa Sul-Americana daquele ano. Em rumo à grande decisão na Colômbia, o avião sofreu um acidente que deixou 71 vítimas e encerrou a brilhante história de Caio e muitos outros.
Após sua morte inúmera homenagens foram feitas em sua memória. A maioria delas no estado natal de Caio, Paraná. O Paraná Clube nomeou a sua sala de imprensa como a “Sala de Imprensa Caio Júnior”, e em 2017 o na época vereador e atual superintendente de Esporte do Estado do Paraná Sr. Helio Wirbiski nomeou um Centro de Esporte e Lazer em Uberaba com o nome do ídolo Paranaense.

Caio Júnior é lembrado por seu caráter, integridade, e talento indiscutível em inúmeras áreas do Futebol.

SIGA! @caiojuniortreinador